Carta da Paz – parte III

Respeitamos a Natureza como sócia e aplicaremos os seguintes princípios:

  • justiça: não danificamos desnecessariamente a Natureza e reduzimos ao máximo ou eliminamos a contaminação causada
  • respeito pela Natureza: não danificamos a Natureza por dinheiro
  • dedicação natural: usamos quantos produtos e ingredientes naturais possíveis e reduziremos ou eliminaremos os processos ou produtos que danificam a Natureza
  • saúde: reconhecemos que a saúde da Natureza significa a saúde das pessoas e, por isso, promovemos processos de produção que não danificam a Natureza nem as pessoas
  • durabilidade: investimos em matérias primas renováveis e/ou em energia renovável
  • parceria: consideramos a Natureza como sócia e entendemos que a necessitamos para a construção de um futuro sustentável e saudável
  • cuidado da Natureza: uma parte dos lucros das empresas e dos ingressos dos países será destinada a projetos de cuidado da Natureza.

Cremos na solidariedade internacional como instrumento para resolver os problemas mencionados antes:

  • matérias primas: as matérias primas são largamente exploradas por empresas multinacionais. Essas empresas devem pagar um monte equitativo de impostos para investir no desenvolvimento do país onde se situa a exploração ou para financiar o Global Peace Fund ou Fundo global da Paz. Atualmente, obtêm grandes ingressos e frequentemente pagam poucos impostos
  • energia verde: todos os países devem participar no desenvolvimento comum de fontes de energia verde ou renovável. Devem participar no projeto global de energia verde financiado pelo Fundo global da Paz
  • ajuda ao desenvolvimento: hoje, os países ricos gastam nem 0,7% dos seus ingressos em ajudar os países pobres. O baixo desenvolvimento econômico e a pobreza são uma das principais razões dos tantos problemas da migração e de outros problemas relacionados
  • paraísos fiscais: não deve existir nenhum paraíso fiscal. Oferecem um esconderijo para os que manipulam dinheiro “sujo”. Num mundo justo, não deve existir lugar para dinheiro “sujo” e, portanto, nem para os paraísos fiscais
  • promoção dos valores humanos na política, no ensino e na mídia: valores humanos comuns devem-se promover em todos os setores da sociedade. O Fundo global da Paz pode financiar programas a serem implementados no mundo inteiro. Isso permitirá as varias ideologias políticas a se aproximarem e a se entenderem melhor
  • reconciliação entre as religiões: diferenças entre as religiões frequentemente levam a tensões em muitas regiões do mundo. As religiões deveriam conjuntamente promover valores humanos universais e nem tanto os ritos e as regras que por serem tão diferentes fazem difícil ou impossível o mútuo entendimento.

Contribuiremos ao Fundo global da Paz:

  • esse fundo financiará o desenvolvimento comum de fontes de energia verde e de tecnologias e/ou processos de produção que logo serão postos à disposição de todos os países
  • financiará programas de conscientização de valores humanos, inclusive a paz como sendo o respeito dos valores humanos
  • financiará o desenvolvimento de programas agroalimentares para permitir os países produzirem economicamente alimentos saudáveis que levem em conta as condições e os costumes locais e que respeitem a Natureza (produção de alimentos em harmonia com a Natureza) 
  • financiará projetos de cuidado da Natureza tendentes a reparar os danos causados nela no passado 
  • serão desenvolvidos outros projetos globais tendentes a melhorar a condição de saúde da Natureza e das pessoas
  • pagaremos 1% dos lucros das empresas e uma parte dos ingressos do país para financiar o fundo. 

SOBRE DANELLÂNDIA

Danellândia foi criado em 28 de março de 2004. Baseia-se em discussões sobre esse mundo e os seus problemas com pessoas de diferentes países, culturas, religiões e idades. 

Danellândia definiu 25 valores humanos como base da sua campanha para fazer esse mundo melhor e mais justo.

Danellândia promove esses valores em muitos campos de atividade humana: a política, a economia, as relações pessoais, os cuidados da Natureza…

Você pode ajudar compartilhando esse site.

Torne-se danellandiano ou amigo da Paz promovendo esses valores e a paz.

Esse mundo precisa de pessoas e de líderes que valorizem mais a humanidade do que o dinheiro e o poder. Pessoas e líderes que unam em vez de dividir e criar tensões e conflitos.

Os valores humanos fortes são o passaporte para um futuro sustentável.

O mundo da Paz é possível!

NEWSLETTER

PRIVACIDADE: os seus dados ficam em Danellândia

CONTATO

PRIVACIDADE: os seus dados ficam em Danellândia

© Danellandia 2020