Ético – nova moeda mundial

O dinheiro faz funcionar o mundo… Realmente faz?

O branqueamento de dinheiro e assuntos relacionados com ele tornaram-se um grande problema no mundo inteiro. Muitas vezes, a desigualdade entre os pobres e os ricos é devido à dinheiro obtido ilegalmente.

Uma nova moeda que substitui todas as outras resultaria em mais transparência e justiça no mundo das finanças e na sociedade em geral.

O mundo atual está dominado pelo dinheiro e pelas instituições financeiras. Uma situação insalubre e insustentável.

O dinheiro leva a tantos abusos, à exploração comercial, a violência, a problemas psicológicos…

O mundo atual precisa fortalecer a humanidade ou os valores humanos em todos os setores da vida e da sociedade. O Global Peace Charter ou Carta global da Paz deveria ser adotado pelos governos, instituições (financeiras e outras), organizações e pelo público em geral.

Uma nova moeda, o ético (nome mundial), deve-se introduzir gradualmente no mundo inteiro para substituir as moedas existentes com o fim de reduzir os abusos e aumentar a equidade e a honestidade.

Fundo global da Paz

Uma nova instituição, o Fundo global da Paz, deve ser criada para trazer valores reais ao mundo financeiro e ao mundo em geral. A pauta do FGP seriam os valores humanos como explicados no Global Peace Charter.  

O ético traria confiança e uma nova direção. Uma moeda única acabaria com a necessidade imaginada de lançar rumores (frequentemente falsos para influenciar os mercados) e de especular sobre a base desses rumores. 

Simplificaria o funcionamento do sistema financeiro (onde a falta de transparência e a complicação são vistas como fontes de poder).

O ético permitiria controlar o chamado dirty money ou dinheiro sujo obtido por meio de atividades que causam danos às pessoas e/ou à Natureza e que implicam todo tipo de violência.

Solidariedade

O FGP seria um fundo de solidariedade numa escala nunca vista na história humana. O dinheiro atual nas várias moedas seria cambiado para o ético e 1 até 5 por cento (ou mais segundo a suma) seria deduzido e transferido ao Fundo com o objetivo de investir em projetos humanitários e de cuidados da Natureza.

A crise financeira mostra claramente que os governos estão dispostos a gastarem bilhões na salvação dos bancos. Por que eles não mostram a mesma disponibilidade para salvar o planeta e para resolver a degradação da Natureza, a pobreza, a injustiça social, a exploração comercial e social e os tantos outros problemas que põem em perigo esse planeta e a sociedade?

 

Com a aprovação dos governos com alto grau de humanidade poderiam imprimir-se mais éticos para financiar os investimentos que a Terra precisa. Hoje, são vários os que dizem que se devem reduzir esse tipo de investimentos, quando é claro demais que se devem intensificar.

Os éticos de solidariedade estimulariam o desenvolvimento e o emprego. Criariam um sentimento mundial de solidariedade e de pertencer. Os pobres desse mundo sentiriam que, finalmente, tem alguém que se preocupa deles.

O FGP teria que investir também em programas que visam aumentar a consciência sobre os valores humanos na política, na economia, no ensino, na mídia… A humanidade leva à paz. A paz consigo mesmo, com os outros e com a Natureza. 

A paz faz parte da verdadeira vida. O projeto do ético e do FGP pode parecer ambicioso demais. Mas, por que esperar que a degradação da Natureza e o desmoronamento da sociedade atinjam uma situação irreversível antes de tomar ações drásticas?

O FGP deve conduzir à mudança da mentalidade de que esse mundo precisa urgentemente.

SOBRE DANELLÂNDIA

Danellândia foi criado em 28 de março de 2004. Baseia-se em discussões sobre esse mundo e os seus problemas com pessoas de diferentes países, culturas, religiões e idades. 

Danellândia definiu 25 valores humanos como base da sua campanha para fazer esse mundo melhor e mais justo.

Danellândia promove esses valores em muitos campos de atividade humana: a política, a economia, as relações pessoais, os cuidados da Natureza…

Você pode ajudar compartilhando esse site.

Torne-se danellandiano ou amigo da Paz promovendo esses valores e a paz.

Esse mundo precisa de pessoas e de líderes que valorizem mais a humanidade do que o dinheiro e o poder. Pessoas e líderes que unam em vez de dividir e criar tensões e conflitos.

Os valores humanos fortes são o passaporte para um futuro sustentável.

O mundo da Paz é possível!

NEWSLETTER

PRIVACIDADE: os seus dados ficam em Danellândia

CONTATO

PRIVACIDADE: os seus dados ficam em Danellândia

© Danellandia 2018